Inspirada na Natureza, Jean-Marie Massaud desenvolveu a coleção Axor Massaud para a Hansgrohe.

Baixar aqui o Flash Player (ligado)

Jean-Marie Massaud – ligado à natureza

"As pessoas não precisam de nenhum misturador: elas precisam é de água", assim Jean-Marie Massaud descreve a abordagem de seu primeiro projeto de design para banheiros. Essa afirmação resume o seu conceito criativo. Inspirados pela natureza, seus projetos parecem deixar de lado a tecnologia. Na coleção de banheiro do arquiteto e designer francês brotam imagens associadas à da natureza e às coisas do mundo natural. Uma queda d’água sobre a cuba do lavatório, banheiras em forma de concha, duchas saídas de uma nuvem – tudo contribui para uma experiência sensorial do elemento natural água.

Com seu design inspirado na natureza, Massaud liberta-se de estilos de desenho convencionais. Suas visões arquitetônicas extraordinárias mostram todo o espectro de sua criatividade. O seu projeto artístico de maior porte até hoje é um estádio de futebol situado no México, que Massaud, ao seu melhor estilo, modelou com a forma de um vulcão. Na sua coleção de banheiro Axor Massaud, os misturadores e objetos de banheiro são poéticos e vanguardistas, lúdicos e altamente funcionais.

Axor Massaud – inspirado pela natureza

O corpo do misturador faz lembrar uma folha de grama, o jato d’água se transforma em uma cascata, e a banheira em um lago. Uma coleção destinada a todos aqueles que amam o que é natural. Axor Massaud responde à aspiração humana por harmonia. Deixe o estresse da vida cotidiana para trás e mergulhe na Natureza.

Jean-Marie Massaud – a biografia

Jean-Marie Massaud nasceu em 1966, em Toulouse, no sul da França, um centro da indústria de alta tecnologia, e, simultaneamente, uma interface com o sul da Europa, mais sensorial. Portanto, é natural que, a despeito de ter freqüentado "Les Ateliers" de Paris, a Escola Superior de Desenho Industrial, essa tensão tenha influenciado os seus trabalhos, os quais reiteradamente refletem as formas da Natureza. Móveis para grandes marcas, como a Cassina, combinam um rígido padrão quadriculado com as formas orgânicas. Massaud defende-se contra o que ele próprio chama de design "decadente", que se esgota na "estilização": o design deve valorizar espaços de convivência mais agradáveis que convidem as pessoas ao relaxamento. Essa opinião ficou clara em 2005 pela visão pessoal de Massaud sobre o banheiro do futuro, que ele concretizou com a Axor em seu "WaterDream".

Perfil de Jean-Marie Massaud

Jean-Marie Massaud fotografado por Denis Rouvre